06/01/2011

Coque

 
Bom dia meninas!

Hoje o tempo aqui em BSB amanheceu muito chuvoso e frio e se não bastasse não tinha luz lá em casa, logo nem rolava de lavar as madeixas, né?!

Não lembro se já falei para vocês, mas meu cabelo tem vontade própria (fato!).
Existem dias que ele quer ficar enrolado, em outros, liso e às vezes ondulado (muito difícil).

Como o clima está muito úmido a vontade dele é de ficar enrolado. Não sei se vocês concordam comigo, mas cabelo enrolado é muito difícil de domar. Ainda mais em dias que ele amanhece querendo destruir sua manhã, é como se ele falasse: hoje você não vai me controlar!Kkkk

Digam-me, o que fazer numa situação em que seu cabelo está te pirraçando e você não pode tocar água nele?! K

A solução para mim foi prendê-lo. Mas o rabo de cavalo não foi suficiente. (estão vendo como ele queria por que queria me pirraçar!) rsrs

O jeito foi fazer um coque. Aqueles coques que nossas avós fazem.



Para modernizá-lo um pouco mais eu deixei que uns fios saíssem do lugar, afim de que ficassem mais desestruturados, mais modernos.

Hoje eu não usei, mas um acessório fica um charme. Pode ser uma tiara, ou fivelinhas e ainda grampinhos bonitinhos.


Outra dica legal é fazer uma trança embutida na lateral da cabeça e depois fazer o coque. Fica lindo!

Esse tipo de penteado não agrada nem um pouco os maridos, namorados...
Principalmente meu marido que odeia qualquer tipo de cabelo preso. Espero que hoje ele tenha entendido que realmente era necessário. Rsrs.

Beijos!
Postar um comentário